NOTÍCIAS


O RIVOLI JÁ DANÇA

RTP
Joana França Martins/Pedro Amanajás/Guilherme Terra




A dança marcou a reabertura do Teatro Rivoli, no Porto, com um espetáculo da Companhia Nacional de Bailado."O Rivoli Já Dança" representou, de forma simbólica, a devolução do Teatro à cidade.
Reportagem [...]


 

Notícias relacionadas:
    •  CONFERÊNCIA "MOZART E AS ÁRIAS PARA SOPRANO" NO TEATRO CAMÕES
    •  CNB DANÇA ÁRIAS DE MOZART NO TEATRO CAMÕES
    •  VALE A PENA IR VER "MOZART CONCERT ARIAS"
    •  O RIVOLI COMEÇA A DANÇAR COM A CNB - E A SEGUIR ANDA DE SKATE COM JOHN ROMÃO
ENSAIO GERAL SOLIDÁRIO: A BELA ADORMECIDA

2012-03-06

Conheça a entrevista de Luís Moreira e de Miguel Palha (Centro Diferenças) ao programa "Portugal no Coração" (...)
 
BAILARINA FILIPA DE CASTRO ENCARA ESTE ANO COM MUITA EXPECTATIVA
2012-02-16

Na Fila J, a bailarina diz que com o esforço de andar em pontas pode ela bem, afinal é a sua arte e paixão, mais difícil, acrescenta, é lidar com o que não se domina, obstáculos de sempre mas agora agravados.

Fila J, com José Carlos Barreto

 

NOVA TEMPORADA DO TEATRO VIRIATO
ARRANCA COM «DU DON DE SOI».


2012-01-12



Criação de Paulo Ribeiro, inspirada no universo cinematográfico de Andrei Tarkovsky, foi considerada a melhor peça de dança apresentada no país em 2011.


Texto Bruno Vicente
Fotografia IAQUONEATTILIISTUDIO
in Jornal CNotícias 12·01
·2012



 
DANÇA:
MIGUEL RAMALHO

2012-01-07



DANÇA:
MIGUEL RAMALHO

Tem 23 anos, está há quatro na Companhia Nacional de Bailado, e é vê-lo a entregar-se a cada movimento como se fosse o último suspiro de vida. Seja em registos mais contemporâneos, em que o desafio é explorar um corpo desorganizado, inquieto e em desequilíbrio, seja em momento de fábula balética, onde ganha leveza e velocidade.

Miguel Ramalho veio da Escola de Dança do Conservatório de Lisboa e, aos 19 anos, estava a percorrer o mundo com a Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo. Já é mais do que uma promessa, é uma confirmação.


Atual Expresso
07·01·2012

Texto · Cláudia Galhós
Fotografia · Ricardo Brito



 
DU DON DE SOI:
A MELHOR OBRA DE DANÇA DE 2011
[Público / Ípsilon]

2011-12-16



Du Don de Soi, uma encomenda da CNB ao coreógrafo Paulo Ribeiro, foi considerada pelos críticos do Ípsilon, do jornal Público,
a melhor obra de dança de 2011.

Entre as dez primeiras destacam-se, ainda, duas outras apresentadas na programação do Teatro Camões: Gold de Rui Lopes Graça, para a Companhia Nacional de Canto e Dança de Moçambique e Les Corbeaux de Josef Nadj, integrado no 28º Festival Internacional de Teatro de Almada.

“(…) Também houve uma surpresa, e dentro de uma instituição: “Du Don de Soi”, criação de Paulo Ribeiro para a Companhia Nacional de Bailado, foi o objecto inesperado que chegou ao primeiro lugar da lista dos críticos deste suplemento, quando passam 20 anos sobre a ‘fundação’ do movimento Nova Dança Portuguesa. (…)”

João Bonifácio · in Público Ípsilon


fotografia · Daniel Rocha
Ípsilon · Jornal Público 16·12·2011



 
Páginas:
Notícias por categoria:
Imprensa (116)
Televisão (25)
Revistas de Dança (5)
Rádio (14)
Blogs (3)
Críticas (8)
Jornais Digitais (53)
Outros (3)
Todas (219)
Consultar Arquivo