NOTÍCIAS


Piazzola inspira Companhia de Bailado
Jornal de Notícias


O coreógrafo holandês Hans van Manen orgulha-se de ter sido o primeiro a usar a música do "fabuloso compositor" Astor Piazzola para um bailado, em 1977, intitulado "5 Tangos", que será apresentado a partir de amanhã, às 21 horas, em Lisboa.

O trabalho de van Manen vai estar em destaque no programa de dança da Companhia Nacional de Bailado (CNB) deste mês, que inclui ainda a peça "Adagio Hammerklavier", esta com estreia em Lisboa.

Enquanto em "5 Tangos" o coreógrafo explorou os fortes sentimentos evocados por este estilo de música, mas incluindo a dança em pontas, "Adagio Hammerklavier" representa uma homenagem às virtudes do bailado clássico e é dançado por um elenco de seis bailarinos. As duas peças revelam a versatilidade de Hans van Manen para coreografar em contextos musicais tão diversificados como os de Piazzola e Beethoven.

Hans van Manen nasceu em Amstelveen, na Holanda, há 77 anos, e continua a criar coreografias com um ritmo intenso, numa carreira profissional iniciada em 1951, no Ballet Recital de Sonia Gaskell.

Em Portugal, o Ballet Gulbenkian dançou sete coreografias de Hans van Manen, entre 1992 e 1998, das quais se destacam "Canções sem palavras" (1978), "5 Tangos" (1982) e "Grosse fuga" (1988).

Hans van Manen, que estará uns dias em Lisboa para acompanhar os espectáculos da CNB, revelou que está neste momento a criar uma nova peça coreográfica com base em canções alemãs.

Integrado no programa "Dançar em casa", o novo espectáculo da CNB é repetido na sexta e no sábado, às 21 horas, e no domingo, às 16, com actuações ainda a 4 e 5 de Março, às 21 horas, e no dia 6, às 16, sempre no Teatro Camões.

O programa de três bailados inclui ainda "Serenade", de George Balanchine (1904-1983).




A LÍDIA DE PAULO RIBEIRO É UMA POLIFONIA A 13 VOZES
2014-11-07

Paulo Ribeiro criou para a CNB uma coreografia que invoca o nome de Lídia na poesia portuguesa. Hoje, no Teatro Camões, 13 “canções” reivindicam a individualidade de 13 mulheres, mas soam a uma só grandiosa canção total

 
NOVA COREOGRAFIA DA COMPANHIA NACIONAL DE BAILADO INSPIRADA NA MUSA LÍDIA
2014-11-06

A nova peça da Companhia Nacional de Bailado é dirigida por Paulo Ribeiro com música do compositor Luís Tinoco, num ambiente onírico com referências ao movimento modernista e à musa Lídia, que inspirou grandes nomes da poesia em Portugal.
 
ANDRÉ E. TEODÓSIO
2014-11-02

Encenador, dramaturgo, ator, músico, André e. Teodósio, fundador do coletivo de artistas Teatro Praga, gosta sobretudo de escrever e viajar. Fora e dentro de si. No mês que vem, estreia "Quebra Nozes Quebra Nozes" para a Companhia Nacional de Bailado

 
UM FRESCO DANÇADO SOBRE AS EMOÇÔES HUMANAS
2014-10-22

Criar uma coreografia contemporânea inspirada no Sturm und Drang - o breve e emblemático movimento artístico germânico (literalmente, “tempestade e ímpeto”) que, entre 1760 e 1780, contestou o racionalismo iluminista sinalizando a transição para o subjectivismo romântico - não era um desafio fácil.

 
SENTIR PRIMEIRO, PENSAR DEPOIS E DANÇAR SEMPRE
2014-10-17

Nova criação de Rui Lopes Graça mistura bailarinos e músicos numa peça atravessada por emoções violentas, desmesuradas. Porque havemos de estar sempre a pensar?
 
Páginas:
Notícias por categoria:
Imprensa (157)
Televisão (33)
Revistas de Dança (5)
Rádio (19)
Blogs (3)
Críticas (13)
Jornais Digitais (65)
Outros (3)
Todas (273)
Consultar Arquivo