EDIÇÃO 2016

Fernando Pinto do Amaral, Sónia Baptista, Hélia Correia, João Paulo Cotrim, Margarida Ferra, Isabel Mendes Ferreira, Vasco Gato, Margarida Vale de Gato, Alexandre Honrado, Nuno Júdice, Filipa Leal, Valter Hugo Mãe, João Morgado, José Luís Peixoto, Graça Pires, António Poppe, Jaime Rocha, Jorge Reis-Sá, Fernando Sampaio, Inês Fonseca Santos ou José Mário Silva são autores de inéditos nascidos do enlace entre a dança e poesia que a CNB vem promovendo.

Porque se acredita no entrecruzar das duas expressões que se completam e, em conjunto, proporcionam mais vastos trajetos de interpretações, continuar-se-á a procura de poetas que aceitem o desafio de virem colher inspiração nas obras e interpretações da CNB.

A partir de 8 de dezembro de  2016 disponível no Teatro Camões.
Gratuito

 


 

EDIÇÃO 2014

Num percurso inverso ao usado com as palavras de Sophia – que escolhemos em função da programação da CNB – lançar-se-á um desafio a poetas da Língua Portuguesa, convidando-os a escrever sobre a Companhia, numa analogia com os pintores e os seus modelos. Par tal, providenciaremos a assistência a ensaios e espetáculos ou o contacto direto com o dia a dia dos bailarinos. No final do ano de 2014, lançámos uma publicação – A CNB e os poetas – de poemas escolhidos.